Renault Captur nova geração em 2021, terá motor turbo

A nova geração, que chega ao país entre 2021 e 2022, dará identidade própria ao SUV compacto da Renault e terá motor turbo. Veja em nosso artigo.

O futuro Captur vai estrear duas novidades no Brasil. A primeira é a plataforma modular CMF-B (Common Module Family, Segmento B), a mesma do atual Clio europeu, que tem 85% de peças novas em relação à anterior na Europa.

É até 50 kg mais leve, graças a carroceria, eixos e capô de alumínio ou aço de alta rigidez. Seu peso menor aliado ao fundo do carro carenado, que amenizou o arrasto aerodinâmico, reduziu consumo e emissões.

A segunda estreia será a do moderno motor 1.3 TCe

Na Europa tem duas opções de potência, 130 e 155 cv. No Brasil, esse quatro-cilindros turbo com injeção direta será um pouco mais potente: como os engenheiros brasileiros estão fazendo a adaptação ao flex, estima-se que ele alcançará 160 cv de potência com etanol.

Tela flutuante da central na vertical lembra a dos Tesla

A maior alteração veio nos faróis e lanternas (de led), sempre em formato de C, que têm um impacto visual tão marcante que nem sobra tempo para perceber que a carroceria atual é muito semelhante à anterior.

O comprimento do Renault Captur aumentou em 11 cm entre-eixos cresceu um pouco mais de 2 cm, mas foi o suficiente para tornar o espaço atrás para pernas mais generoso. E continua sendo possível deslizar o banco traseiro ao longo de uma calha (agora em 16 cm, antes eram 12).

Mas a maior revolução do Renault Captur foi interior o salto na qualidade geral de materiais e acabamentos. Esse sempre foi um ponto crítico do Captur: plásticos duros em painel e portas, design defasado, volante meio grande e em posição muito vertical, central multimídia com pouca qualidade gráfica e montagem deficiente que logo produz ruídos ao rodar por pisos ruins.

A pintura em dois tons virou padrão na Europa agora predominam revestimentos bem sólidos e de toque suave, a zona central do painel (monitor tátil incluído) está direcionada para o motorista e revela um design e uma qualidade de materiais que nada tem a ver com o que existia.

Os comandos rotativos de ventilação cromados parecem ter feito um estágio na Audi e as portas e seus painéis mostram uma solidez que causa muito boa impressão. E sobram lugares para guardar objetos, desde o enorme porta-luvas do tipo gaveta às bolsas nas portas, onde cabem garrafas de 1,5 litro.

O monitor central colorido (de 9,3 polegadas) e vertical (como na Tesla e na Volvo) é o maior da sua classe, parece ser menos suscetível a mostrar as marcas dos dedos e graficamente é muito mais moderno.

Leia também
Detran faz leilão virtual de 567 veículos apreendidos
10 carros mais econômicos do Brasil em 2020
Tabela Fipe como consultar o valor do seu veículo

Então se você deseja conforto e designer chegou a hora de experimentar o motor de 155 cv, que usa um câmbio de dupla embreagem de sete marchas.

Para ficar por dentro das informação que disponibilizamos dê uma olhada na nossa página do Facebook para não perder nada. Curta nossa página no facebook: Tabela Fipe Veículos.

Rate this post

Deixe uma resposta